Travessa de S. Brás, n.º 19 - 2000-083 Santarém
·
+351 243 333 241
csisantarem@csisantarem.pt

Unidade do Gualdim

A Unidade do Gualdim, localizada na Azóia de Baixo, na Quinta com o mesmo nome, foi doada pela Sra. Maria Manuela Dias Bragança, para fins sociais, em 17 de Abril de 1985. Este gesto de solidariedade teve, desde início, um desejo de construir um Lar para acolhimento de idosos. Assim, em 26 de Outubro de 1990 a primeira fase do Lar do Gualdim é inaugurada. Posteriormente, durante o ano de 1994, de forma a dar resposta às solicitações, procedeu-se ao alargamento do edifício do lar, aumentando a sua capacidade de resposta. Ao longo da década de 90 vão sendo construídas as residências assistidas e o pavilhão polivalente.

O crescente envelhecimento da população, aliado às transformações que a nossa sociedade está a ser sujeita, cria uma necessidade de infra-estruturas onde os idosos possam viver com a máxima qualidade de vida. Neste contexto, a Unidade do Gualdim, actualmente com capacidade para 60 idosos em valência de Lar e com serviço de apoio domiciliário normal e integrado, nos 7 dias da semana, para um total de 29 utentes surge como uma resposta assente numa filosofia de cariz social, humanista e cristã, que procura a promoção do bem-estar dos idosos. Para que tal seja possível, disponibiliza aos seus utentes uma equipa multidisciplinar constituída por Ajudantes de Acção Directa, Serviços Gerais, Lavadeira, Cozinheiras e Ajudantes, Motorista, Costureira, Encarregada de Serviços Gerais, Serviços de Saúde, Animadora Sócio-cultural e Assistente Social, que promovem a garantia da qualidade de vida de todos os utentes.

A intervenção social, desenvolvida pela Assistente Social da Unidade, é realizada numa perspectiva sistémica e assenta num compromisso com a qualidade dos serviços prestados. Com um campo de acção muito abrangente, orienta a sua actuação para o apoio directo aos idosos e aos seus familiares, focalizando-se na procura das estratégias que melhor respondam às suas necessidades. Os serviços de saúde são garantidos por um Médico, uma Enfermeira, uma Fisioterapeuta e uma Auxiliar de Enfermagem. A intervenção desta equipa visa a promoção e manutenção da saúde dos idosos, garantindo um equilíbrio entre os cuidados médicos e a autonomia para a realização das actividades quotidianas, de modo que a qualidade de vida seja constante ao longo do processo de envelhecimento. Considerando que cada idoso tem um processo de envelhecimento próprio, é necessário ajustar as intervenções terapêuticas, o mais possível, às necessidades do indivíduo.

No âmbito do serviço de Fisioterapia, para além de um trabalho terapêutico individual, é igualmente importante um trabalho em grupo. A realização de classes de movimentos, trabalhos manuais, caminhadas, jogos linguísticos, matemáticos e visuais, entre outros, promovem a socialização dos utentes.